Fotos que você não deveria postar do seu filho nas redes sociais

Fotos que você não deveria postar do seu filho nas redes sociais

Eu sempre fui apaixonada por redes sociais. Antes mesmo de ser blogueira, compartilhava a vida de Larinha (minha filha mais velha) com todos os meus amigos através de todas as minhas redes sociais: orkut, youtube, facebook, twitter, instagram, já faziam parte da minha vida há anos. Eu sempre achei divertido postar fotos e vídeos engraçados, momentos marcantes e diminuir a distância, mas talvez eu tenha demorado para compreender que a rede social também traz uma exposição que pode ser prejudicial à segurança dos nossos pequenos.

Por isso, o nosso post de hoje é extremamente IMPORTANTE e deveria ser lido por todas as mamães, papais, titias, avós de plantão que amam redes sociais. Selecionamos 5 tipos de fotos, muito comuns nas redes sociais, mas que você NÃO deveria postar para o bem do seu próprio filho!

image
Tenho certeza de que seu filho ficou lindo no seu primeiro uniforme, carregando a bolsa da escola pra cima e pra baixo. Até parece gente grande, né? Mas ele não é grande, é pequeno e indefeso. Por maior que seja a segurança na escola para retirar o seu filho, já se sabe que existem sequestradores que monitoram a vida de suas vítimas através das redes sociais. Dizer onde o seu filho estuda fala muito mais sobre você do que você mesma imagina. Através de uma simples fotografia se sabe onde estará o seu filho (seja meio expediente ou full time), assim como conta um pouco da sua condição financeira. Já pensou nisso? Pois é! Então, NÃO compartilhe a segunda casa do seu pequeno.

image
As partes íntimas do seu filho não precisam ser expostas nas redes sociais! “Ah, que besteira, eles são apenas crianças”, como mãe e pessoa eu também acho assim, mas não podemos esquecer que pedófilos utilizam as redes sociais para buscar as suas vítimas ou apenas para imaginar coisas ‘inimagináveis’ com a foto de crianças. Existem formas de fotografar o banho do seu filho sem a necessidade de mostrar as partes íntimas dele, use e abuse da criatividade e mantenha a segurança do seu pequeno.

image
Não é raro ver as pessoas dando check-in na própria casa, não é? Falando de forma bem direta: se você já postou foto da escola do seu filho, foto nu e agora mostra onde mora, um possível sequestrador não terá nenhum trabalho para te encontrar. Casa (seja a sua, da sua mãe, avó, avô, sogra…), igreja, seu trabalho ou locais que você frequenta de forma assídua não devem ser expostas para NINGUÉM. Essas informações devem se manter privadas e apenas amigos próximos, pessoas do seu convívio pessoal, devem saber onde poderiam te encontrar em um domingo a tarde ou segunda pela manhã. Pense nisso!

image
Recentemente me deparei com a seguinte postagem: “na segunda ele fica na escola até às 17h, terças e quintas até às 15h30…”. Você já disse onde mora, onde o seu filho estuda, agora está dizendo que horas podem te encontrar na frente da escola ou que horas o seu filho ficará na escola sozinho. Ok, agora ele já pode ser sequestrado! E não, eu não estou sendo exagerada.

Por isso, vou te contar uma história real e que aconteceu COMIGO quando ainda era bebê e nem rede social existia: minha mãe me deixava todo dia em casa com a babá para ir trabalhar, até aí nada de anormal, certo? Todo dia pontualmente a babá descia comigo para tomar o banho de sol. Um dia ela comentou que eu estava doente, no outro dia uma mulher de peruca toda arrumada bateu na porta da minha casa para me levar ao médico, disse que era a mando da minha mãe. Por sorte, a babá desconfiou e não caiu na história da possível sequestradora.

Sequestros de crianças não existem por causa das redes sociais. Eles sempre existiram, mas antigamente era preciso de informantes, algumas semanas analisando a rotina diária da família de perto e hoje, as redes sociais possibilita que os sequestradores tenham essas informações sem maiores dificuldades.  PENSE NISSO!

image

Eu já cometi esse erro, até que comecei a pensar que existem pessoas que não gostam de redes sociais, que não querem expor os seus pequenos, que tem verdadeira aversão a qualquer tipo de rede. Como mãe, preciso respeitar aquela decisão e POSTAR fotos dos amiguinhos das minhas filhas APENAS COM AUTORIZAÇÃO dos pais dos mesmos. Talvez essa seja uma lição muito mais de educação do que de segurança, mas se coloque no lugar daquele pai e mãe. Antes de postar não custa perguntar: posso colocar na minha rede social?

Espero que vocês tenham gostado desse post, ele foi pensado e idealizado para proteger às nossas crianças! Acredito que mantendo alguns detalhes em segredo, podemos divulgar fotos e compartilhar experiências sem peso na consciência. 🙂
NÃO DEIXEM DE COMPARTILHAR ESSE POST COM toda a família, amigos e futuros pais.
Beijos,
Ananda Urias
ananda@maezice.com.br
Instagram e snapchat: MAEZICE
Curta nossa fanpage: Mãezice

Ananda Urias
Partilhar:

37 Comentários

  1. Lana Motta
    28 de Janeiro de 2016 / 09:55

    Importantíssimo.

  2. Samuel
    28 de Janeiro de 2016 / 10:14

    Ótima postagem!

  3. Helen
    28 de Janeiro de 2016 / 10:32

    Gostei das dicas !!!! Minha de oito anos vai pra terceira serie e os outros anos sempre tirei foto este ano será diferente vou me policiar de certas selfs kkkkk obrigado pelas dicas

  4. Gisele
    28 de Janeiro de 2016 / 10:58

    Muito oportuno este texto! Desisti de Facebook qdo notei minha vida virando um BBB, há 3 anos vivo (muito bem) sem. Tenho Instagram e uso com cautela (medo, na vdd). No que se trata dos nossos filhos, cuidado nunca é demais! Adoro vcs, Ananda! Bjs

  5. Ana Paula
    28 de Janeiro de 2016 / 20:07

    Super curti o post…..e ainda acrescento aos adultos marcar que estão em tal restaurante, em tal danceteria, e nas férias em tal praia…..

  6. Diana Paschoal
    29 de Janeiro de 2016 / 11:52

    Muito bom, mudei totalmente meus hábitos nas redes sociais com o nascimento do meu filho. Hoje ele tem 3 anos e penso sempre 2 vezes antes de postar uma foto ou um vídeo.

  7. Andressa
    29 de Janeiro de 2016 / 22:10

    Muito bom o post.as dicas são super importantes!! Tem um tempo q já tomo certos cuidados com fotos nas redes sociais, foi depois q vi um alerta no fantástico!! Onde uma pessoa se passava por cartomante e falava a vida da pessoa todinha,logo depois aparecia o reporte explicando como q o cartomante sabia de tudo aquilo,era através das redes sociais!!! Fica a dica..

  8. Juliana Reis
    30 de Janeiro de 2016 / 21:49

    Adorei!! Concordo com seu post, mas em parte, também posso te fazer a colocação de que no meu Facebook por exemplo, eu tenho total controle de quem pode ver minhas informações, então acho importante ressaltar que ter cuidado com a privacidade ao postar uma fotografia ou fazer um check-in pode ser meio caminho para evitar transtornos… Eu sempre vou na opção do face sobre “o que as pessoas podem ver” do meu perfil… E a única coisa que quem não me conhece vê são minhas fotos de capa e perfil.. Acho sim que todo cuidado é importante… Foi apenas uma colocação.. Parabéns pelo post!

    • adli
      3 de Fevereiro de 2016 / 22:29

      A gente nunca conhece as pessoas 100%, vai q alguém vc tem adicionado possa lhe fazer mal.

    • Sarah
      18 de Março de 2016 / 14:00

      Oi, só que vc esquece que pessoas mal intencionadas não precisam ser seus amigos pra ver o que vc posta, muitas pessoas e empresas, conseguem hackear suas postagem mesmo sendo apenas para amigos! E vêem tudo que vc posta claramente.. Por isso cuidado! 🙂

  9. Raquel Martins Alves
    1 de Fevereiro de 2016 / 08:24

    Simplesmente perfeito! Também não posto tudo acredito que até olho gordo ifluência!
    kkkkkk

    • Camila
      2 de Fevereiro de 2016 / 20:26

      Mas vcs sabiam que tipo, vc posta tal foto e tá lá que só seus amigos podem ver, se qualquer um deles compartilhar os amigos dessa pessoa vão ver. Daí já era, vc não sabe quem são os amigos de seus amigos. O meu facebook é todo bloqueado, só pra meus amigos, e proibi meus parentes de postarem fotos do meu filho sem autorização, quando postam eu denuncio. Não quero fotos dele na internet e mesmo assim quando eu posto qualquer coisa relacionada a ele, minha sogra compartilha e aparece pros amigos dela.

      • Henriette
        8 de Fevereiro de 2016 / 15:09

        Se seu facebook for configurado direitinho ele apresenta uma mensagem quando alguem compartilha o que voce postou dizendo algo do tipo “devido as configuracoes de segurando de fulano essa foto nao pode ser vista por todos os seus amigos” blablabla então nem sempre o que ela compartilha fica visivel para os amigos dela, outra opcao, se sua sogra realmente não respeitar sua escolha, coloque ela na lista de pessoas que não podem visualizar seus posts. Se ela não sabe que tá lá ela não tem como compartilhar. Eu sei pq tive que fazer o mesmo com minha família, eles simplesmente compartilhavam qualquer coisa que eu postasse, sendo que 99% das coisas que eu posto são direcionados aos meus amigos mais proximos.

  10. Sylvia
    1 de Fevereiro de 2016 / 10:08

    De todas essas fotos, eu postava a de uniforme, acabou, não faço mais. Obrigada pela dica.

  11. Maria do carmo
    1 de Fevereiro de 2016 / 13:33

    Acabei de postar ela de uniforme, não post mais, valeu o alerta.

  12. Futura mamãe
    1 de Fevereiro de 2016 / 13:53

    Tenho a mesma opinião da Juliana Reis. Meus contatos do facebook são meus AMIGOS ou CONHECIDOS, e minhas publicações são compartilhadas com ELES. É difícil achar algo que esteja como PÚBLICO. Aliás, é difícil até mesmo eu postar algo. Minha vida só interessa a mim, não gosto de compartilhar.

    • Sarah
      18 de Março de 2016 / 14:04

      Vc esquece que Internet não é segura, mesmo com suas postagens sendo para amigos, pessoas mal intencionadas conseguem hackear isso e ver as fotos e publicações.. É sempre bom ficar ligada! 🙂

  13. Joseany Rodrigues
    1 de Fevereiro de 2016 / 15:35

    Gostei das dicas. Nossos filhos são um presente de Deus que devemos protegê-los e mantê- los em segurança.
    Vou compartilhar esse texto com amigas e familiares, pois alguns não tem a noção do perigo.

  14. Ana Claudia de Pascoli
    1 de Fevereiro de 2016 / 17:46

    Tem pessoas que faltam postar que foram ao banco, agência tal e que fizeram um saque em dinheiro. Aí depois eu pergunto: de onde vem a saidinha de banco? Informações exageradas!!!

  15. Thaís Monteiro
    1 de Fevereiro de 2016 / 20:42

    Ananda, mto obrigada pelo texto. Ele sistematiza bem o cuidado q devemos ter. Mto útil mesmo. Qdo lí já havia pensado mais ou menos nestes tipos de postagens e os dados q elas expõem, mas ainda não entendo bem a quem está exposto. Vc fala em sequestro. Isso geralmente acontece q pessoas q tem grana. É o tipo de crime q pessoas com poucas posses não devem se preocupar, mas aí tem os tráficos de pessoas, pedofilia… Vc sabe se o tráfico realmente acontece com crianças? E Qto? Q tipo de crianças ? E pra eles traficam? Vc faz idéia? E estes crimes de pedofilia com desconhecidos? Qria ter mais noção pq acho q qdo falta isso a gente corre o risco de viver ou descuidando ou em pânico. Duas coisas ruins.

    • Ananda Urias
      1 de Fevereiro de 2016 / 21:23

      Thaís, infelizmente isso uma realidade do MUNDO. Não acredito que devemos viver em pânico, apenas temos que ter alguns cuidados com a exposição dos nossos filhos e com a forma como cuidamos deles em locais públicos. Criança cega a gente, basta 2 minutos para a gente perder de vista.

      Eu sou blogueira há 3 anos, exponho bastante o nosso dia a dia e em alguns momentos cometi erros que quase prejudicaram a nossa segurança. Já fizeram perfil fake no facebook e instagram para descobrir onde eu morava e por muito pouco eu não cai na armadilha. Acredito que tendo alguns cuidados, a exposição pode ser sim sadia e tranquila. Não viva em pânico, apenas leve em consideração alguns cuidados e fé em DEUS. é assim que eu vivo!
      Beijos

    • Luciana
      6 de Fevereiro de 2016 / 10:15

      Thais, o tráfico de crianças para diversoso fins (desde adoções ilegais, remoções de órgãos, até pedofilia) é uma das realidades que mais preocupam autoridades em todo o mundo. Me deparei com essa realidade quando meu antigo chefe foi advogado de uma sequestradora de crianças aqui no RJ. Ela vendia as crianças (pobres, na maioria das vezes) para agências de adoção no exterior, utilizando documentos falsos, que supostamente comprovavam que os pais tinham autorizado a adoção ou que as crianças eram provindas de orfanatos. Graças à Deus meu ex-chefe não teve competência para tirá-la da prisão e ela cumpre pena. Mas crianças não foram recuperadas. Venda de crianças é algo extremamente lucrativo, e quase nenhum sequestrador faz isso para exigir dinheiro dos pais. Não é possível que você nunca tenha se deparado com essa realidade na mídia. Até uma novela da Globo (da autora Glória Perez) já retratou o problema, que é sério, bastante comum, e infelizmente foi muito facilitado com as redes sociais. Como diz o texto da Ananda, pequenos cuidados, que não vão fazer falta alguma na nossa vida, podem salvar nossas crianças dessa triste realidade. 🙁

  16. Sérgio Andrade
    3 de Fevereiro de 2016 / 06:44

    Ótima postagem! É preciso prudência total em se tratando de crianças pois pessoas mal intencionadas estão por toda parte. Infelizmente!

  17. dayana valença
    3 de Fevereiro de 2016 / 10:41

    Concordo plenamente com o texto.

  18. 4 de Fevereiro de 2016 / 17:58

    Na verdade, esse post serve até pra nós adultos, né? hahahahaha Eu mesmo, só posto localização de viagens. Nunca em minha casa, meu trabalho, meu curso e nem casa de amigos. Gostei das dicas!

  19. 6 de Fevereiro de 2016 / 21:01

    Ótimo. São ótimas dicas. Curti.

  20. Késia Arcoverde
    7 de Fevereiro de 2016 / 14:00

    Parabéns Ananda!! Super importante esse post

  21. Regi
    13 de Fevereiro de 2016 / 11:26

    Nossa, pior que postei do meu filho do primeiro dia de aula rara isso mostra o quanto somos inocentes demais em relação ao sentimento e intensão das pessoas à nossa volta! Já gotinha dele nu eu nunca postei, nem tirei na verdade! Odiei quando minha mãe mostrou fotos minha nua de quando criança, rasguei todas. Obrigada pelas dicas!

  22. Roberto
    16 de Fevereiro de 2016 / 09:53

    Complementando, se estiver no Brasil, não faça nada!

  23. Nicole
    26 de Fevereiro de 2016 / 19:41

    MELHOR AINDA: NÃO poste foto do seu filho nas redes sociais, simples. Mas é difícil pra galera que curte amostrar tudo.

  24. Paty
    29 de Fevereiro de 2016 / 06:20

    Concordo e vou além! Quer postar fotos de seus filhos pequenos e etc? Coloca somente para os familiares .Existe esta opção.Simples assim.

  25. Caroline Lisboa
    8 de Março de 2016 / 15:54

    Olá, Amanda!
    Concordo em gênero, número e grau…
    Eu, no passado, postava algumas fotos da minha filha com muito critério e apenas para algumas seletas pessoas mas, agora, nem coloco mais. Mas é difícil até você explicar aos outros essa decisão, não entendem…
    Vou fazer a festa de 3 anos da minha filha e não quero que os convidados postem as fotos nas redes sociais, como faço para pedir que não coloquem de forma educada e sem parecer esnobe (porque nem de longe é essa minha intenção…)? Pode me dar uma dica?
    Obrigada,

    • Ananda Urias
      19 de Março de 2016 / 08:21

      Carol, acredito que você pode colocar isso no convite. “Viva essa alegria sem flashs e cliques”

      Beijos

  26. Isabel Tavares
    12 de Abril de 2016 / 05:57

    Adorei as dicas e vale a pena seguir. Hoje como vovó observo fotos, que como mãe ,não postaria jamais. Vamos proteger nossas crianças.

  27. Juliana
    13 de Maio de 2016 / 15:10

    Não gosto dessa cultura do medo. A gente pode controlar tudo que posta, é só se informar. Assim como só ter em sua timeline pessoas muito próximas. Ah, mas podem hackear. Nesse caso, vc usa a Internet para fazer transações bancárias e pagar contas, pra tudo, né? Seu endereço tá lá no cadastro das lojas virtuais, não tá? Vc conversa com as pessoas sobre a sua vida no messenger. E mesmo se você viver sem isso: vc vai na padaria com seu filho de uniforme. Entende? Esse discurso, quando aprofundado, beira a paranoia. Cercear a liberdade das pessoas não é legal. Ah, mas o amigo do primo que trabalha com o irmão soube de casos de sequestros de crianças…não podemos nos pautar por casos isolados. Acho muito mais fácil monitorarem sua vida física que sua vida digital.

    • Ananda Urias
      15 de Maio de 2016 / 08:19

      Essas dicas são passadas pela POLÍCIA FEDERAL, mas cada um age como prega a sua consciência! Aqui eu posto muitas fotos das minhas filhas, mas prezo pela restrição em informações especiais.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *