Uma carta de amor para Lara

Uma carta de amor para Lara

Há exatos 7 anos atrás, eu acordei às 5 horas da manhã para garantir que você não sentiria tanta fome durante o longo jejum que te preparava para nascer. Uma cesárea marcada, uma data escolhida e eu não tinha a minima ideia do que me esperava. “Ela vai chegar e eu vou enfim aprender a viver com o desconhecido, encontrar aqueles tantos significados que todos falam por aí, conhecer esse tal de amor incondicional… Não tinha dúvidas, não sentia medo, não sentia absolutamente nada. Enquanto a espera era apenas espera e você crescia dentro de mim, em alguns dias eu não acreditava, outros eu “só esperava”, em tantos outros eu só chorava. Não tinha a emoção das grávidas de histórias de amor, mas teve algo que me chamou atenção: depois de um sangramento antes de completar o primeiro trimestre, uma internação no 8 mês, você tava me mostrando que o seu lugar era no mundo; mais precisamente ao meu lado.

Dizem que começos emocionantes criam laços de parceria que duram até a eternidade. Pois é, hoje eu sei o que isso quer dizer.

Voltando para o dia 17/04/2009. Tomei meu banho e fui para o salão, porque já me era o bastante uma barriga de melancia e um nariz inchado. Ninguém acreditava na minha calma: “pra quando é esse bebê?” É pra daqui a pouco. Eu não tremia, eu não sorria, eu não chorava, eu não esperava. Eu só sabia que minha vida ia mudar para sempre. Nem medo eu sentia.

E assim eu sobrevivi até as 14h09, quando o seu choro fininho invadiu aquela sala de parto. Algo muito grande mudou em mim. Todos os meses de incerteza, deram lugar àquele momento: eu sabia que a partir dali eu NUNCA mais estaria só. E assim foi, até hoje e será para sempre.

Que me perdoe o mundo, a família e os amigos: sem você, quem seria Ananda hoje? Não me recordo da minha vida sem a sua existência, não lembro sequer de ter sido feliz sem você, porque ao te conhecer o mundo mudou.

O verdadeiro amor, aquele que me tira do sério e me coloca no prumo, estava ali. tinha mãos pequenas, boquinha linda, narizinho afiladinho e um olhar que me dizia “eu te amo e obrigada por me esperar, por me gerar, por segurar a barra, por me amar a todos os momentos”.

E eu hoje apenas digo: eu não tinha certeza de que era digna para ser sua mãe, mas você me fez capaz, você me fez amar, você me ensinou. E assim eu vivo há 7 anos, aprendendo a ser melhor pelo seu amor.

Parabéns, filha.
Hoje o aniversário é seu, mas a comemoração é minha!

Te amo.
Mamãe

Beijos,

Ananda Urias
Curta nossa FanPage: Mãezice
Instagram e Snapchat: Maezice
Grupo no facebook Mãezice

Ananda Urias
Partilhar:

5 Comentários

  1. Sheila
    17 de Abril de 2016 / 09:17

    Você e suas palavras lindas que sempre me emociona, a história da sua família é linda e parabéns Lara você foi a chave fundamental para que sua mãe tenha se tornado essa mulher e mãe maravilhosa.

  2. Juliana
    17 de Abril de 2016 / 14:33

    Que texto lindo! Parabéns pra Larinha! Sou apaixonada por ela, parece que faz parte da minha família!

  3. Juliana cintra
    17 de Abril de 2016 / 14:51

    Oh Ananda. ..
    Vc é especial mesmo viu…que Deus te abençoe muito, suas princesas, seu casamento sua família. Me emocionou… falou as palavras que estão no meu coração.

  4. Ana Luisa
    17 de Abril de 2016 / 23:07

    Me emocionei lembrando do nascimento da minha filha e das dificuldades da minha gestação.
    Que Lara tenha uma vida linda e abençoada por Deus!
    Beijos!!

  5. Manuella Gois
    3 de Maio de 2016 / 14:20

    Nossa, me emocionei. Que lindas Palavras !!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *