É BOATO – PEPPA PIG CAUSA DANOS ÀS CRIANÇAS, DE ACORDO COM PESQUISA DE HAVARD

É BOATO – PEPPA PIG CAUSA DANOS ÀS CRIANÇAS, DE ACORDO COM PESQUISA DE HAVARD

Nos últimos dias, milhares de blogs e grupos maternos compartilharam uma notícia que me deixou intrigada (e até um pouco revoltada!): De acordo com pesquisadores de Harvard, Peppa Pig causaria danos às crianças. Leia na íntegra a notícia que anda circulando pela web:

Em 2012, o estudo constatou que a série infantil pode causar problemas de ajuste social em crianças, além de desenvolvimento de complexos psicológicos graves, causado pelo estímulo recebido pelas crianças na fase inicial do desenvolvimento cognitivo, marcando sua maneira de funcionar na sociedade.

Marc Wildemberg, um dos psicólogos que conduzem o estudo, diz que as crianças que vêem o programa por mais de 80 minutos por dia aumentam as chances de distúrbios quando socializam em desenvolvimento, de modo que as crianças não desenvolvem a capacidade de entender as pessoas nem de ser tolerante com outros pensamentos.

Tudo isso é resultado do exemplo que oferece a protagonista da série: Peppa, que é mostrada como superior aos outros, mostrando nenhum respeito nem para sua família, nem por objetos estranhos. Portanto, um complexo de superioridade seria criado em seus espectadores jovens, desenvolvendo a sua falta de respeito e falta de tolerância para outras opiniões ou pessoas.

“O desenho mostrou grande popularidade e deixou de ser exibido, a fim de evitar que mais crianças possam vê-la, mas, infelizmente, muitos pais continuam mostrando para os seus jovens através de plataformas como o YouTube, causando um grande dano no desenvolvimento da personalidade dessas crianças”.

AGORA VEM A VERDADE –
De acordo com o site Boatos.org, depois de uma pesquisa minuciosa (através do departamento de pesquisas da universidade – veja aqui) descobriu-se que HARVARD NUNCA realizou uma pesquisa sobre a PEPPA PIG e os danos causados pelo desenho em questão. Ah, e pra piorar! O tal pesquisador ‘Marc Wildemberg’ não existe por lá, e pelo visto é apenas um codinome usado para divulgação de pesquisas sensacionalistas e falsas (dá um google aí!)

A primeira notícia sobre essa falsa pequisa, surgiu em um site mexicano que é reconhecido por divulgar notícias falsas e sensacionalistas. Quando alguém (que não se sabe quem) decidiu traduzir para a língua portuguesa a pesquisa, retirou alguns trechos interessantes. Um deles, falava que Peppa Pig era capaz de causar autismo nas crianças. Vale a pena salientar que as evidências indicam que autismo não é uma condição adquirida, mas que as pessoas já nascem com essa diferença neurológica.

O desenho não deixou de ser exibido nem no Brasil (onde passa no Discovery Kids), nem na Inglaterra (que é o seu país de origem!). No YouTube ainda é possível encontrar canais com todos os episódios dublados à disposição. Oba!

Eu concordo plenamente que a porquinha é um tanto quanto atrevida e os seus pais, em alguns episódios, são um pouco permissivos, mas existe muita coisa boa também que é ensinada para as nossas crianças através do dia a dia da porquinha. Seus amigos sempre presentes, sua família sempre unida, suas brincadeiras sempre divertidas.. Ah! Deixem a porquinha em paz! 🙂

Fonte: Boatos.org

Compartilhem!

Beijos,

Ananda Urias
ananda@maezice.com.br
Curta nossa FanPage: Mãezice
Instagram e Snapchat: Maezice

Grupo no facebook Mãezice

 

Ananda Urias
Partilhar:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *